Saber entrar e sair dos lugares

Amigos leitores,

Ao longo da carreira, vocês passarão por inúmeras experiências que farão vocês testarem o nível de tolerância, paciência, capacidade de persuasão e inteligência. Sim, o último também. Inteligência também significa compreender o limite entre estar certo e manter o ambiente em harmonia. Para as pessoas que se apegam a regras, normas e

procedimentos, deve-se atentar que em alguns momentos basta apenas a sensibilidade humana para aliviar a tensão de um ambiente corporativo.

Mas o mais interessante é o que deixamos e cultivamos por onde passamos. Você já se perguntou como você entra e sai dos lugares? Eu sempre me pego pensando nisso e em como as pessoas me veem quando eu chego a determinado lugar e como eu saio desse mesmo lugar. Será que saio deixando saudades ou alívio? Não é que devemos viver em função de agradar os outros, até porque sabemos que isso é impossível, mas podemos contribuir para que o ambiente por onde circulamos seja mais harmonioso, adequado, agradável.

As pessoas tem optado por sua própria razão ao invés de colaborarem para manter o clima de paz. Todos defendem suas razões, porém quase ninguém está disposto a se relacionar de maneira que sua marca positiva prevaleça. Recebemos das pessoas e, especialmente da vida, aquilo que oferecemos às pessoas. Por onde transitarmos podemos nos lembrar de sermos melhores para as pessoas e que ali deixaremos alguma coisa e levaremos outras conosco.

Nossas experiências de trabalho e vida nos formam, nos constroem e o que podemos sentir e viver são as emoções de cada momento. Com todas as pessoas podemos aprender e a todas também podemos ensinar. Esta é uma das maravilhas da vida, a incrível jornada de aprendizado e maturidade pela qual passamos.

Nunca sabemos quem vamos encontrar no dia seguinte, com quem vamos compartilhar um transporte público, com quem vamos encarar o primeiro novo dia de trabalho, quem será nosso novo chefe ou quem dependerá de nossa ajuda. Portanto, sejamos cordiais com todos aqueles que cruzarem nosso caminho, independente do que possam ou não nos oferecer. No fim, é disso que se trata: qual é sua capacidade de apenas ser humano.

36/365

Marcela Brito sou eu: muitas mulheres, muitas facetas, uma só identidade. Alguém com missão, paixão e coragem.

www.facebook.com/SecretariadoIntercultural
br.linkedin.com/in/marcelabrito
www.twitter.com/marcelascbrito
Instagram: @marcelascbrito
Youtube: http://www.youtube.com/marcelasconceicao
Instagram: @marcelascbrito

, ,

1 Comentário para Saber entrar e sair dos lugares

  1. Keysa fevereiro 8, 2018 at 10:04 pm #

    Marcela,

    Muito pertinente esse texto.
    Como sempre compartilhamos aqui, nós secretárias temos a possibilidade de dar tempero ao ambiente, ser algodão entre cristais, nos empenhando para evitar o atrito e construir mais pontes.
    Super obrigada por mais um vez, contribuir para o nosso crescimento.
    Talvez nem você mesma se dê conta da importância que cada publicação tem para nós.

    Um forte abraço

Deixe uma resposta